sexta-feira, março 23, 2007

E a odisséia continua...

Mais novidades: ontem, finalmente, depois de terminar com a minha mudança do apartamento da empresa, que foi feita pelo sistema de transporte público, em múltiplas viagens, ao longo de vários dias, eu consegui tempo útil o bastante para ir ao IKEA novamente, e de lá trouxe: lâmpadas, meu primeiro abajur, luminárias, ferramentas e parte do estrado da cama, que não comprei da primeira vez que estive lá por pura falta de atenção.

Carregar todas estas coisas no metro e no tram para casa foi trabalho árduo, mas, felizmente, curto.

Jantei outro prato típico holandês, bola de carne com legumes, obviamente sobrecozidos, como manda a tradição. Apenas pelo prazer de poder ter refeições quentes e bebidas frescas da geladeira, eu podia comer capim refogado com alho, e estaria satisfeito.

É interessante como viver mal por um tempo baixa os padrões da gente... ou não.

Na mesma noite (de ontem), sob a luz do abajur, com as ferramentas que eu trouxe do IKEA, fui capaz de montar meu criado-mudo e minha cama. Aliás, grande cama. Pesada cama. E bastante confortável, diga-se de passagem. Eu fiquei impressionado com a solidez, nem parecia que eu a montei usando uma chave philips e uma chave de boca número 4...

Dormi acabado, perto da 1:15am, mas na minha cama nova.

Amanhã, começa a minha nova aventura: tenho de colocar as luminárias da casa toda, vai levara umas horas. Espero que eu tenha todo o material necessário... eles parecem ter um gosto especial por peças vendidas separadamente, que não se consegue comprovar a existência ou necessidade sem abrir a embalagem. Espero que eu tenha feito tudo certo e que todas as peças estejam agora em meu poder.

Os lustres custaram 20% do que eu tinha previsto, e, por causa disso, eu estou 1 mês adiantado com a montagem da minha casa.

Como boa notícia adicional, a partida da Ann Barcomb para os USA nos próximos dois mêses me brindou com uma mesa, seis cadeiras, um lustre para a cozinha, máquinas de lavar e de secar quase novas, que ela vai me passar por um precinho módico e vai ajudar a trazer para a minha casa. Realmente, eu acho que estou com alguma sorte, finalmente. Foram três mêses de estresse, mas agora as coisas estão começando a andar nos trilhos.

Para terminar com chave de ouro, eu tenho sido literalmente assediado por alguns head hunters locais que já sentiram o cheiro de "carne fresca" no mercado de trabalho local... tem gente que insiste tanto que a gente termina por escutar o que eles tem a dizer apenas para se livrar da chateação.

Bom, é tudo por agora. Programação para o final de semana: faxina, colocação de lustres e minha primeira tentativa de lavar os quase 25 metros quadrados de janelas que eu tenho numa casa de 70 metros quadrados de área construída... manter isso tudo em ordem vai dar muito trabalho...

2 comentários:

marmita disse...

why don't you contact an agency to get somebody cleaning your home, perhaps two times a month.
Just wondering...

marmita disse...

Gostei de ver...!
Fico imaginado como eu faria isso: transportar um estrado de cama num bonde ou trem, na Holanda ou Alemanha...!
Acho que não faria.