quarta-feira, abril 04, 2007

Ao meu pai

Pai, neste seu aniversário eu vou te oferecer o presente que você me pediu ao telefone. Saiba que eu estou bem, feliz, descansado, me sentindo realizado como pessoa, como profissional e como homem.

Eu devo tudo isso à você, meu pai. Desde a formação moral, o gosto pela educação, os bons costumes, até a vontade de lutar, a ética profissional e pessoal, tudo o que eu sou hoje é reflexo do seu trabalho de oleiro sobre o barro que Deus confiou a você.

Obrigado por existir, meu pai. Obrigado por perder seu tempo cuidando de mim, me dando atenção, educação, formação, e sabedoria.

Feliz aniversário, do seu filho, que te ama muito.



Um comentário:

marmita disse...

Obrigado!
Fico feliz com suas palavras.
Bjão.