quarta-feira, abril 25, 2007

Plenamente...

Quem disse que a Holanda é plana nunca andou de bicicleta por aqui. Para começar, coisas "planas" não oferecem tanta resistência quando a Holanda oferece para uma bicicleta: trancos e solavancos são comuns e perfeitamente aceitávels (pelo menos, para as bundas holandesas).

Segundo, que a gente está sempre subindo ou descendo rampas de acesso.

Terceiro, a ausência "formal" de colinas e morros (sempre escondidos ou se deslocando silenciosamente pela cidade, com a ajuda da prefeitura, que insiste em carregar a areia de um lado para o outro o tempo todo) confunde muito os estrangeiros. Eu, particularmente, tenho a nítida impressão que estou descendo sempre que margeio um canal. Tanto faz se indo, ou voltando. Mas sempre descendo.

Hoje, enquanto eu pedalava para o trabalho, vinha pensando nisso, e nas implicações culturais. O povo daqui faz muita força para ter orgulho do seu país. E, entre outras coisas, afirmar que ele é "plano" é, ao mesmo tempo, distinção do resto do mundo (que não é declaradamente plano), e fator de atração turística. Planamente.

Nenhum comentário: