domingo, janeiro 27, 2008

Domingo Parado

Domingo foi um dia morto. Tão morto que eu fui dormir às 20:00, com dor-de-cabeça (eu acho que exagerei no video-game, desta vez).

Nenhum comentário: