sexta-feira, maio 16, 2008

O Vôo para o Brazil

Voar agora é como esperar pelo médico. Bom, seria, se o meu médico me fizesse esperar.

O Vôo saiu com uma hora e meia de atraso do aeroporto de Schiphol, por conta de uns testes que precisaram ser feitos para confirmar que a troca do filtro de óleo de uma das turbinas do avião não deixou sequelas.

O piloto (falando primeiro em Holandês) explicou (e eu entendi) que o vôo aconteceria à maior velocidade possível, para ganhar tempo e possibilitar que a gente não chegasse tão atrasado.

Garoto esperto que eu sou, mandei um SMS para o meu pai antes de embarcar avisando sobre o atraso. :)

A viagem transcorreu sem maiores incidentes.

Desembarcar no Brazil gerou um pequeno mal-estar, logo esquecido.

Rever meus pais foi ótimo. :) E comer a pizza paulistana pela primeira vez em dois anos e meio também.

Nenhum comentário: