quinta-feira, junho 05, 2008

Esperar

Hoje, a minha ex-mulher finalmente resolveu dar o ar da graça e me telefonou. Ela estava, como sempre, agressiva e vingativa, mas conversou o bastante comigo para compreender que eu não vou permitir que a nossa situação continue: vou me divorciar dela, quer ela queira, quer não.

Assim, sob a promessa de que ela vai me telefonar amanhã para marcar um almoço e conversar, eu desliguei o telefone, telefonei para a minha advogada e pedi a ela que preparasse os documentos necssários para o divórcio amigável, com uma ressalva: também continuamos preparando os documentos para entrar com o processo litigioso.

Agora, é esperar.

Um comentário:

Maria Looking 4 Maria disse...

try to take it easy. :(

i can imagine how tough the situation is becoming.

dont let your anger be...