sábado, julho 19, 2008

Gesto Infundado

Isso foi agorinha, uns minutos atrás.

Eu estava voltando das compras, e um senhor me parou na rua, querendo saber se eu era turco. Ele falou comigo em holandês, eu tentei responder em holandês. Expliquei para ele que não, que eu era espanhol.

Ele me perguntou (muito educadamente) se podia me fazer uma pergunta (quer dizer, ele precisava de ajuda). Eu aí pedi a ele que se acalmasse e que falasse comigo devagar, por que o meu holandês não é muito bom. Ofereci inglês, mas ele não falava inglês.

Ele me disse que a gasolina do carro dele tinha acabado. Me pediu 5 euros emprestados para comprar gasolina. Falou alguma coisa sobre a filha dele, mas eu apenas entendi "hospital" e que ela tinha quatro anos de idade.

Eu me condoí, abri minha carteira e ofereci para ele a única nota que eu tinha: 20 euros.

Ele hesitou, me perguntou se eu tinha certeza, e eu apenas mostrei a ele a minha carteira vazia, num gesto de "é o que eu tenho".

Ele não podia se conter de felicidade, e me perguntou onde eu morava. Eu apontei a minha porta, lhe disse o meu nome, lhe perguntei o dele. Ele começou a repetir o nome da rua e o número da minha casa, numa tentativa escandalosa de memorizar os dados, e eu puxei do bolso da calça a minha lista de compras e a caneta que eu sempre levo comigo, lhe escrevi os dados no verso da lista.

Ele me disse que devolveria o dinheiro, e me perguntou se eu estaria em casa na segunda. Eu disse que trabalhava, e ele insistiu, disse "eu venho bem cedo". Lhe disse que ele poderia me encontrar em casa até as 8:30. Ele saiu quase pulando de felicidade, e se foi.

Eu fiquei melancólico, pensando se eu vou ver os 20 euros de volta, e pensando nas confusões que eu arrumo para a minha cabeça...

4 comentários:

Maria Looking 4 Maria disse...

not completly sure to understand properly. but, did he gave your money back? was he teasing you or really need the money to go to the hospital? why you didnt change the note?

marmita disse...

People believing people!
That`s the point; to help who needs help!
Compassion!!

Russo disse...

@Maria: he said he will give it back on Monday

@Fields: I think he will

Nélio disse...

Á uns meses atrás aconteceu-me o mesmo no parque das nações quando ia para o trabalho, dei uns 2 ou 3 euros, os trocos que tinha na carteira, para um homem que me abordou na rua com exactamente a mesma história... Dois dias depois veio falar comigo mais ou menos no mesmo local, pedindo exactamente a mesma coisa. Quase que lhe bati.

Lamento, meu caro, foste comido.