sexta-feira, agosto 29, 2008

Aluguei um Carro... e fui à Maastricht

A Ann e o Bastiaan me convidaram a passar o final de semana na casa nova deles em Maastricht, no sul da Holanda.


View Larger Map

Eu decidi que ia faz uns dias, mas não tinha pensado em como.

Como a Ann veio para uma consulta no dentista, eu pensei que a gente poderia variar do trem de sempre e telefonei para descobrir quanto custava alugar um carro para o final de semana.

Descobri que o carro custava a mesma coisa que duas passagens para Maastricht e de volta, se a gente fosse de primeira classe. Com a diferença que não precisávamos ir à estação de trem, nem nos sujeitarmos aos horários e demoras deles.

Eu achei que poderia ser interessante fazer a experiência. Assim, telefonei para a empresa de aluguel de carros, que me informou que eles precisavam apenas de uma hora para fazer os preparativos e me alugar um carro.

Fui pegar o carro no aeroporto de Schiphol, pertinho de casa. Eu aluguei (por falta de opção) um Peugeot 308 preto.

Estava preocupadíssimo com como conseguir navegar pelas estradas holandesas, até que eu descobri que a compania de aluguel de carros oferecia junto com o carro um tom-tom, um sistema de navegação orientada por GPS para carros muito popular aqui na Holanda.

100_6261

Dirigir até Maastricht foi muito fácil. Até um pouco chato. As estradas são ótimas, o limite de velocidade normal aqui é 120km/h, o pessoal é cuidadoso e muito raramente você vê gente besta dirigindo sem responsabilidade.


View Larger Map

Como a estrada estava tomada por obras, eu fiz o último trecho da viagem praticamente em primeira marcha. Mas não teve muita importância. Está sendo uma ótinma experiência, vou certamente fazer isso (alugar um carro e ir a algum lugar) mais vezes.

Uma coisa interessante que eu reparei é que não existe pedágio na Holanda: eu viagei por praticamente o país todo para ir até Maastricht sem encontrar um único pedágio.

Bom, isso resolve a viagem. Depois, falo da estadia.

Nenhum comentário: