segunda-feira, outubro 27, 2008

Jantando com os gerentes do RIPE NCC

Ontem, eu fui convidado para jantar com dois dos gerentes do RIPE NCC. A gente foi a um restaurante italiano aqui do hotel, chamado La Cuccina. Bom lugar, boa comida, bons vinhos, preços relativamente baratos (se você levar em consideração que isso aqui é um hotel 5 estrelas no meio do deserto dos Emirados Árabes Unidos, e que tomates não crescem em lugar nenhum num raio de 3000 Km daqui, foi até barato demais).

Conversamos sobre tudo, sobre a vida, sobre os problemas pessoais de cada um, sobre o trabalho no RIPE NCC, sobre trabalhos anteriores, sobre outros empregadores onde a gente casualmente trabalhou ou se candidatou para um trabalho, sobre coisas que ajudam a pegar um trabalho, sobre coisas que ajudam a deixar um trabalho, sobre os filhos do Brian, sobre quanto dinheiro a gente gasta sem ver para viver em qualquer lugar do mundo.

O Brian contou histórias mornas sobre o Apartheid, sobre sotaque holandês na África e sotaque africano na língua holandesa. Falamos sobre projetos que falharam, sobre gente que morreu, sobre gente que foi embora e sobre gente que a gente não quer ver mais.

Enfim, estreitamos os já existentes laços de amizade, e eu me senti bem, no meio de amigos. Foi bom, foi divertido, foi nutritivo. A comida italianaa não era das melhroes nem das pioress - estava decente, ainda mais se você pensar que ninguém no restaurante era italiano, e que a Itália está a 5500Km de distância...

Nenhum comentário: